Centro Cultural Lusófono

A página dos sócios do CCL

PALAVRA IBERICA em TAVIRA

No dia 15 e 16 de Abril a partir das 10:00, vai decorrer, no Quartel da Atalaia, em Tavira, o V Palavra Ibérica – Encontro de Escritores Algarve-Andaluzia. Esta edição será realizada no âmbito do projecto Artalaia, comissariado por José Bivar e desenvolvido pela AAPAAA e pelo RI1 (Regimento de Infantaria I) que, na pessoa do Comandante Coronel Nuno Pereira da Silva tem encontrado um entusiástico incentivo à abertura do Quartel a actividades culturais.

O encontro tem-se realizado em alternância nas duas regiões e conta na Andaluzia com a parceria do Ayuntamento de Punta Umbria.Este evento, tem associado o prémio literário Palavra Ibérica, que distingue anualmente um escritor de língua portuguesa e outro de língua castelhana, assume-se como o maior encontro de autores dos dois países realizado a Sul.

A presença de 40 autores no evento visa reforçar os laços das duas regiões no sentido de criar uma plataforma que permita unir o mundo literário lusófono e ibero americano participação significativa de autores da província de Huelva confirma as ligações ancestrais entre o Algarve e esta parte da Andaluzia, traduzidos em laços familiares que prometem gerar fortes sinergias na economia e cultura das duas regiões agora unidas sob a designação de euroregião.

O processo iniciado com a primeira edição em Vila Real de Santo António encetou um programa sério e sustentado de intercâmbio e colaboração, que agora projectado em Tavira, vem reforçar a dinâmica de cidades de média dimensão no eixo Tavira-Olhão-Faro, com vista a uma estratégia sotaventina que promova o desenvolvimento e a capitalidade cultural.

O programa conta com a presença de 3 autores distinguidos com o prémio Palavra Ibérica (Maria do Sameiro Barroso, Amadeu Baptista e Santiago Landero ), tem a colaboração da Associação Linguagem de Cálculo (4 Águas, Sulscrito, PopSul), do Movimento Internacional Lusófono (Revista Nova Águia)e, da Associação de Jornalistas e Escritores do Algarve (Revista Stylus) e o apoio da editora Babel. Para além do Quartel da Atalaia e da Biblioteca Álvaro de Campos, esta edição propõe a dinamização de espaços alternativos e tem no programa nocturno momentos de intervenção poética no BBB, Bowling Bridge Bar. Entre os protagonistas destes momentos estão os grupos: Expriment’arte, Cangrejo Pistolero, as poetisas e performers Siracusa e, Dina Roque entre outros.

Eu também vou estar lá, com uma comunicação, no sabado dia 16, onde, entre outras coisas, desejo apresentar nosso projeto poetico performativo em língua portuguesa “Todos os Santos / Salada Mista” (título provisório), a ser realizado en maio de 2011, na sala El Cachorro, patrocinado pelo CCL.

Anúncios

Abril 13, 2011 Posted by | Cultura | 4 comentários

Amanha no CAAC…

VII Encuentros Internacionales de Arte y Género

Mesa redonda
CRUCE DE MIRADAS LUSAS:
ARTE Y GÉNERO EN PORTUGAL. DOS ENFOQUES

Fecha: 4 de abril 2011
Hora: 19:00 h.
Lugar: Centro Andaluz de Arte Contemporáneo
Ponentes: Ana Rito, Carla Cruz.
Introducción temática y dirección de Mesa: Margarita Aizpuru

ANA RITO / CARLA CRUZ

PONENTES

ANA RITO

Artista visual portuguesa que es profesora en la Facultad de Artes de Lisboa y que ha comisariado varios proyectos artísticos en el Museu Colecçao Berardo de Lisboa, como She is a Femme Fatal (2009), junto a Hugo Barata, el evento de videoproyección One Woman Show (2009) u Observadores, Revelaciones, Tránsitos y Distancias (2011), junto al citado Hugo Barata y Jean François Chougnet. En tanto que artista ha realizando numerosas exposiciones individuales y ha participado en muestras colectivas como VV2 Recycling The Future, en la 50 Bienal de Venecia (2003), exposición comisariada por Angela Vettere y Marco de Michelis; Portugal Today-Nine Solitaire Positions (2005), en Mario Mauroner Contemporary Art, Viena; Faccia Lei (2007), en la 52 Bienal de Venecia; u Options & Futures (2009), en la Colección PLMJ, PLMJ Fondation. Ha publicado el libro Casa de muñecas. Propuestas contemporáneas sobre la mujer y la subjetividad (Museu Colecçao Berardo, 2009).

CARLA CRUZ
Es una artista feminista portuguesa, comisaria y gestora independiente de proyectos artísticos. Ha sido comisaria residente del espacio expositivo Gesto cultural cooperative en Oporto (2007-2008); coordinadora del grupo portugués para la Residencia GARB (Giovanni Artisti in Residencia, Basilicato) [Italia, 2004-05]; cofundadora del Colectivo Atelier Mentol (2003-05) en Oporto; colaboradora artística en el espacio ROOM de Rotterdam (2002-2003); y una de las fundadoras del colectivo internacional de intervención pública CLANITICA en Rotterdam (2002-03) y del colectivo feminista de intervención artística ZOINA (1994-2004). Es autora y colaboradora de diversos blogs, como All my independent women, Espaço gesto, Porto Público, Cyber feminism past foward, De venus a marte o Galochas-do-norsk, y ha participado con el colectivo AC investigación colectiva en la Bienal Europea de Arte Contemporáneo Manifesta 8 (Murcia).

Abril 3, 2011 Posted by | Cultura | Deixe um comentário